Nota

DIY Vela de Massagem

No fim do ano passado, cismei de fazer velas de massagem (sem parafina). Segui a receitinha da Bianca e dei umas adaptadas. A começar com a cera, que usei de abelha e ela de vegetal. Fiz uma versão com manteiga de cupuaçu e outra com de karitê (essa última é mais hidratante).

Preparação da vela

1. Produtos; 2. Banho-maria na cera; 3. Potinhos fofos; 4. Secando.

  • 50g de cera de abelha
  • 20g de manteiga de Karité ou de Cupuaçu;
  • 100ml de óleo de de amêndoas;
  • 50ml de óleo de maracujá;
  • 30ml de essência para cosméticos (usei Dama da Noite e Patchuli)
  • Pavios para vela;
  • Potes de cerâmica

Coloque a cera para derreter em banho-maria, depois a manteiga e por último a essência. Usei uma espátula de madeira para ir mexendo. Despeje nos potinhos com o pavio no centro e deixe secar (use garfos ou palitos para evitar que o pavio entorte).

Lojas de São Paulo:
Cera de abelha:
Apacame Associação Paulista de Apicultores
Rua Dona Germaine Burchard, 208 – Água Branca
Potinhos:
Scrimin Porcelanas
R. João Ramalho, 1214 – Perdizes
Óleos, manteigas e essências:
Uma das lojas de essências da rua Tabatinguera – Sé
Essências e embalagens:
African Artesanato
Rua Turiassú, 1267 – Perdizes

Muita paciência depois e…

Voilà!

Voilà! Velas de massagem prontinhas!

Agradeço à Ana Paula que me ajudou a fazer as velas e ainda fez um creme hidratante com os produtos que sobraram.

Nota

Elas estão descontroladas

Uma flor fora do jardim

Uma flor fora do jardim

Deveria ser uma pessoa na política. Mas é pessoa-mulher na política. Querem te convencer de que pessoa-mulher é pessoa (só pessoa), que é gente, que recebe tratamento igual aquele que, não por acaso, existe em maior quantidade no ambiente político, a pessoa-homem. Mas eu cismei que não existe essa pessoa genérica.

Quando o homem é candidato e está acusando alguém publicamente de um crime, crime este que sequer foi julgado, qual xingamento lhe é dirigido? “O senhor é um caluniador!”. É uma palavra precisa: caluniar é acusar alguém de ter cometido um crime, sem que essa pessoa o tenha feito (ou ela até pode ser criminosa, mas não passou pelo processo legal que a “condene”).

Quando mulher é candidata, caluniadora não é a primeira palavra lembrada. No debate dos presidenciáveis exibido na televisão, certa candidata foi chamada de “leviana”, acusação que veio acompanhada com um dedo em riste. “Leviana” tem ampla gama de significados – volátil, frágil… Sinto o cheiro da condescendência no ar! Essa pessoa nunca é só “caluniadora” – ela tem que ser também frágil, inconsistente, quase que uma criança que não pode ser levada a sério, tem que ser… MULHER!

Mas… Tudo isso talvez seja uma teimosia infundada. Vamos mergulhar no mundo dos comentaristas de portal (não sei onde eles se reproduzem, só sei que são muitos). O que eles dizem a respeito da candidata pessoa-mulher que resolveu reagir ao insulto “leviana-dedo-em-riste”? Aí é que o crime ocorre: ela foi julgada como DESCONTROLADA. E ao candidato pessoa-homem nada acontece, feijoada.

Pessoalmente nunca vi esse adjetivo – descontrolada – ser usado contra homens que reagem a algum tipo de acusação política. Porque uma pessoa-homem descontrolado – veja – é apenas um homem. Talvez um homem ousado, vá lá. Corajoso por reagir a um insulto, talvez.

Agora vai procurar no dicionário o significado de mulher ousada. Vai lá. Ainda ando cismada: quando me chamam de descontrolada na política é porque sou corajosa ou ousada?

Nota

Facebook Detox – 5 benefícios de dar um tempo na rede

Facebook DetoxEstava começando a ficar viciada no Facebook outra vez (a primeira foi em 2008 com os cuidados da minha fazendinha, do aquário…). Agora era o fato do celular ficar apitando e com marquinha de notificação gritando “clica aqui! Deus está vendo você curiosa!”.  Foram necessárias algumas semanas de detox. Senti saudade de participar da rede. Era ali que sabia como andavam as pessoas queridas, qual era o show da vez, os memes mais bombantes, que recebia os links interessantes dos amigos, as cutucadas, os olás e smacks do Snoopy. Apesar disso, segui firme na dieta restritiva. E hoje posso listar 5 benefícios do Facebook Detox.

1. Mais tempo pra curtir a vida

2. Menos ansiedade em saber as novidades

3. Amigos querem te ver

4. Você quer ver seus amigos

5. Quando termina o detox, você utiliza o Facebook de maneira mais equilibrada

E você? Quais vantagens e desvantagens você apontaria em largar o Facebook?

Fazendinha

Eu fazendeira.